O que acontece quando o AR é rejeitado pelo Correio no SAJ PG5 Tribunais?

Cliente: TJSP 
Versão: 1.9.3-X | Publicação: 10/09/2019

 

No SAJ/PG5 é possível enviar os AR’s aos Correios de forma automática. Os Correios ficam responsáveis por imprimir, cumprir, digitalizar e, respectivamente, juntar o Aviso de Recebimento Digital (AR digital) aos autos eletrônicos, garantindo benefícios aos procedimentos citatórios e a economia de recursos naturais.

Mas o que acontece quando o AR é rejeitado? Esse é o assunto desse artigo. Acompanhe!

1. Acesse o menu Andamento, submenu Fluxo de Trabalho  ou clique diretamente no ícone do fluxo  mceclip0.png (item 1 da figura) e clique no subfluxo (fila) Carta (item 2 da figura).

imagem1_destaque.png

 

2. Em casos que o AR for rejeitado pelos Correios, o sistema listará na fila “ARs Rejeitados” (item 1 da figura).

2019-09-09_10h48_34_destaque.png

 

3. Se a causa da rejeição do AR for erro de cadastro dos dados do destinatário é necessário cancelar o AR. Para isso, acesse o menu AR e clique no submenu Cancelamento de ARs.

IMAGEM2_DESTAQUE.png

 

4. Na tela do Cancelamento de ARs, informe o Código do AR (item 1 da figura), para informar o motivo do cancelamento clique na lupa (item 2 da figura), abrirá um tela de consulta para você selecionar o motivo (item 3 da figura), clique em Selecionar. Em seguida, clique em Salvar (item 4 da figura).

imagem3_destaque.png

Automaticamente, o sistema irá colocar o documento “sem efeito”. Os Correios irão recusar todos os AR’s que ultrapassarem uma página. Em ambos os casos, você deverá cancelar o AR e gerar uma nova Carta.

Você viu nesse artigo o que acontece quando o AR é rejeitado ao sistema SAJ. Para saber como realizar o envio do AR ao Correio ou o que acontece quando o AR é devolvido pelo Correio, acesse os links a seguir.

 

Como envio os ARs aos Correios no SAJ PG5 Tribunais?

O que acontece quando o AR é devolvido pelo Correio no SAJ PG5 Tribunais?

 Créditos - Equipe SAJ Tribunais
Autoria: Suellen Galicioli
Adequação e revisão: Mônica Guarezi Rodrigues

Esse artigo foi útil?