Como funciona a listagem de Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos no SAJ PG Tribunais?

Cliente: TJAC | TJAL | TJAM | TJCE | TJMS | TJSC | TJSP 
Versão: 1.9.3-X | Publicação: 19/08/2019

 

Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos disponibilizam os processos que estão aguardando análise para cumprimento dos atos. 

Acompanhe o passo a passo de como acessar a Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos, no SAJ PG.

1. Acesse o menu Consulta e clique no submenu Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos.

imagem_1_destacado.png

 

2. Abrirá a tela de Lista de Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos. Os objetos listados serão organizados de acordo com o peso da tarja (item 1 da figura) e, posteriormente, pela data de decisão (item 2 da figura).

2019-08-09_13h35_57_destacado.png

3. Algumas informações adicionais:

3.1 Entrada na Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos

  • Processo Físico: Será a partir do momento que uma movimentação de decisão é confirmada nos autos junto com o documento das categorias Despacho, Decisão, Sentença, Ato Ordinatório ou qualquer outra categoria habilitada para gerar atos.
  • Processo Digital: Existem dois critérios para sua entrada. O primeiro é que o documento seja das categorias Despacho, Decisão, Sentença, Ato Ordinatório ou qualquer outra categoria habilitada para gerar atos. O segundo critério é que o documento deve estar na fila “Ag. Análise” dos subfluxos de documentos.

3.2 Remoção dos processos da listagem

  • Processo Físico: A remoção se dará de forma manual, desde que você possua a permissão para  remover os processo da lista.
  • Processo digital: Será removido da lista apenas quando não houver mais objetos do processo na fila “Ag. Análise” dos subfluxos de documentos que geram ato.

 Você viu como funciona a listagem de Ordem Cronológica de Publicação e Cumprimento de Atos. Esta funcionalidade está disponível para apoiar na resolução de documentos que geram atos. Porém, não é de utilização obrigatória.


 Créditos - Equipe SAJ Tribunais
Autoria: Thayná Inêz Fernandes 
Adequação e revisão: Mônica Guarezi Rodrigues

Esse artigo foi útil?