Como emito um Contramandado de Internação no SAJ PG Tribunais?

Cliente: TJAC | TJAL | TJAM | TJCE | TJMS | TJSC | TJSP 
Versão: 2.0.2-0 | Publicação: 08/04/2019

 

O Contramandado de internação é um documento que, a partir do BNMP 2.0, deve ser emitido com objetivo de cancelar um mandado de internação. 

 

Esse documento é emitido apenas para mandados que estão aguardando cumprimento.

 

Acompanhe os passos para emitir um contramandado de internação no sistema:

1. Acesse o menu Expediente, submenu Emissão de documentos:

imagem_1_tokio_destacado.png

 

2. Selecione a categoria Contramandado de prisão e o modelo Contramandado internação.

imagem_2_tokio_destacado.png

 

3. Ao acessar um processo que possua mandados de internação em aberto, ou seja, que esteja aguardando cumprimento, na tela de emissão constará a lista de mandados de internação. Selecione o mandado para o qual será emitido o contramandado e clique no botão Selecionar.

imagem_3_tokio_destacado.png

 

 

Você notará que a aba Pessoas é preenchida automaticamente e não permitirá a alteração da pessoa selecionada. O tipo Contramandado de internação é determinado automaticamente, e o motivo da expedição será selecionado de acordo com a sua situação.

 

4. Preencha os campos da aba Contramandado (item 1 da figura). No campo Síntese da decisão, clique na lupa (item 2 da figura) e selecione a síntese da última decisão do processo, que determinou o cancelamento da ordem de internação. Clique no botão Editar.

imagem_4_tokio_destacado.png

 

5. Depois de clicar no botão Editar, o Editor de Textos é aberto e você poderá observar as informações e complementá-las ao finalizar o documento. O contramandado será informado ao BNMP 2.0 e o documento aguardará a assinatura do magistrado.

imagem_5_tokio_destacado.png

 

 

O mandado de internação selecionado na emissão será cancelado, assim que liberar nos autos um contramandado. E no Editor é possível informar que ao liberar nos autos esse contramandado, o sistema automaticamente cancelará o mandado selecionado.

 

Créditos - Equipe SAJ Tribunais
Autoria: Carlos Alexandre Wessler Prudêncio da Silva 
Adequação e Revisão: Mônica Guarezi Rodrigues

Esse artigo foi útil?