Como consulto os documentos previamente criados no SAJ PG Tribunais?

Cliente: TJAC | TJAL | TJAM | TJCE | TJMS | TJSC | TJSP 
Versão: 2.0.1-X | Publicação: 20/01/2020

 

Como você sabe o Editor de Textos do SAJ PG permite a emissão de diversos tipos de documentos vinculados aos processos com os quais você está trabalhando. Você poderá retomar a edição de documentos previamente salvos que não estejam assinados como em casos em que você precisou pausar a emissão de um documento para confirmar alguma informação relevante, por exemplo.

Acompanhe os passos de como consultar documentos nessa situação:

1. No sistema SAJ, acesso o menu Expediente e submenu Gerenciador de Arquivos, localizado na barra superior do sistema. Em seguida, clique na aba Pesquisar e informe o número do Processo para o qual deseja localizar o documento. Clique em Consultar:

imagem1_destaque.png

 

2. Serão apresentados todos os documentos emitidos no SAJ PG para o processo informado. Atenção! Pois esse comportamento do sistema é disponibilizado de acordo com a permissão do usuário.

Você pode notar na imagem a seguir que são apresentadas 4 situações possíveis para um documento, ou seja:

Documento pendente (Em elaboração).
Documento Finalizado.
Documento assinado, ao assinar um documento o mesmo já é finalizado automaticamente.
Documento assinado e Liberado nos autos/Confirmada a movimentação.

 

imagem_1.png

 Acompanhe algumas dicas importantes:

  
Dica

Dica 1: Temos duas formas diferentes para informar que um documento foi disponibilizado para consulta. Para processos físicos é usada a expressão “Confirmada a Movimentação”, já para processos digitais é utilizada a expressão “Liberado nos Autos Digitais”. 

Dica 2: Não é possível alterar um documento após sua assinatura, se necessário, poderá torná-lo sem efeito.  

Dica 3: Através de função de segurança é permitido que um usuário retire a finalização de um documento, bem como altere documentos mesmo já finalizados.   

Dica 4: Se você tentar emitir um documento igual para o mesmo processo, o sistema alertará com uma mensagem perguntando se você deseja continuar a edição do documento já criado. Dessa forma, evita-se o retrabalho e a duplicidade de documentos. 

 

Créditos - Equipe SAJ Tribunais
Autoria: Raphael Soares Pereira 
Vinicius Amorim do Nascimento Moreira
Adequação e revisão: Mônica Guarezi Rodrigues
Esse artigo foi útil?