Como funciona o critério de distribuição por pesos no sistema SAJ Procuradorias?

Última atualização: 12/12/2019


Para a realizar a distribuição automática de processos, o sistema adota o critério de pesos. O peso é um indicador que tem por objetivo equilibrar quantitativa e qualitativamente o volume 
de demandas distribuídas entre os procuradores, sejam elas pendências ou processos. 

Assim, no momento de uma distribuição automática, o sistema leva em conta quanto peso tem cada procurador, e aquele que tiver menor peso associado terá mais chances de receber um novo processo. 

Juntamente com o peso, o sistema considera o peso aplicado a cada procurador dentro de cada grupo de distribuição, considerando impedimentos e especialidades. Assim, quando todos estiverem dentro do mesmo critério de atendimento, o sistema aplicará uma faixa de números a cada procurador e realizará o sorteio de um número e o procurador que tiver em   sua faixa de numeração o número sorteado será o responsável pelo processo. 

Sempre que houver um procurador, dentro dos critérios, com peso superior aos demais, o mesmo será removido da possibilidade de recebimento de processos até que todos os procuradores do grupo de distribuição estejam com o peso equilibrado.


Veja o exemplo de uma distribuição por peso: 
 

Existem 05 procuradores aptos a participarem da distribuição automática, dentro do grupo de distribuição em razão da classe processual. 

Procurador 

Número sorteado 

Probabilidade 

Faixa 

Peso 

Procurador A 

89 

0 

 

6 

Procurador B 

0 

 

6 

Procurador C 

0 

 

7 

Procurador D 

50 

1 - 50 

4 

Procurador E 

50 

51 - 100 

5 

 
Perceba que os Procuradores E possuem menor peso que os demais procuradores. Assim, os procuradores A, B e C, que estão com valores superiores, são excluídos do sorteio. 

Na sequência, atribui-se ao Procurador D e ao Procurador E uma faixa de número.  

Supondo que o número sorteado seja 89, teremos o Procurador E como contemplado por estar dentro da faixa de sorteio. 

 

Para conferir o demonstrativo de distribuição acesse o menu Consultas e clique na opção Demonstrativo da distribuição. 

Artigo07_01_dist_.png

 

Entenda o cálculo realizado quando a distribuição se dá por peso: 

Peso = Peso do Procurador + (PP * PM). 

  • Peso do processo (PP): Cada processo possui um peso, chamado de Peso do Processo (PP), que representa o seu nível de complexidade em uma escala de 1 a 5. Caso a complexidade do processo seja alterada, consequentemente o peso do processo também será alterado. 

    cada novo processo distribuído a um procurador em uma chefia/procuradoria/área, o respectivo PP será somado ao peso do procurador no Grupo de Distribuição a que pertence o processo. 
  • Peso da manifestação (PM): quando processos e pendências são contabilizados juntos, com a utilização de pesos unificados. Para isso, cada categoria de peça judicial cadastrada no sistema terá um peso, chamado de Peso da Manifestação (PM), que representará o grau de esforço exigido do procurador para produzi-la. A cada peça judicial finalizada pelo procurador, o respectivo PM associado será multiplicado pelo PP e somado ao peso do procurador, relativo ao grupo de distribuição a que pertence o processo. 
     

O critério de distribuição por Peso é considerado o mais eficiente para equilibrar a carga de trabalho de um procurador dentro do sistema. E, pode ser utilizado em todos os tipos de processos que tramitam no módulos processuais do SAJ Procuradorias, como: Contencioso Judicial, Executivo Fiscal e Consultivo. 

Créditos - Equipe SAJ Procuradorias
Autoria: Denise Santin Ebone - Bruna Maria de Felix Vanhoni
Adequação e revisão: Camila Letícia Inocente

Esse artigo foi útil?